Por que é importante discutir gênero na escola? Assista os vídeos

Publicado em 2 de agosto de 2016

Educadores e educadoras de diversas parte do Brasil respondem a pergunta: “Por que é importante discutir gênero na escola?”

Durante a realização do “Seminário Nacional Gênero nas Políticas Educacionais: ameaças, desafios e ação política” que aconteceu entre os dias 2 e 3 de maio, em São Paulo, diversos educadores e educadoras responderam a pergunta sobre a necessidade de se continuar discutindo gênero nas salas de aula.

Ingrid Leão: “Discutir gênero na escola é um dever do Estado brasileiro com a cidadania”

Eliane Maio: “Não dá para tirar gênero do espaço escolar”

Cláudia Vianna: “Falar de gênero é falar da qualidade da educação

Suelaine Carneiro: “Abordar gênero na educação é um direito, possibilita a igualdade”

Benedito Medrado: “O silêncio é cúmplice da violência”

Maria Cristina Cavalero: “A escola não terá qualidade se não tiver justiça”

Alexandre do Nascimento: “É preciso estar firme nesse processo de manter a luta”

Jimena Fulani: “Nós temos uma sociedade desigual que se reflete na educação”

Analise da Silva: “A discriminação não pode fazer crianças e adolescentes abandonarem a escola”

Maria Sylvia Oliveira: “Precisamos pensar a educação como um direito humano”

Rogério Junqueira: “Precisamos entender que racismo, sexismo e homofobia são problemas educacionais”

Leonardo Peçanha e Leila Dumaresq: “As pessoas precisam ter liberdade para expressar sua identidade”

Sylvia Cavasin: “Os alunos têm direito de saber sobre gênero”

Toni Reis: “A ideia é ter cidadãos que consigam conviver em uma sociedade igual em direitos”

Patrícia Santana: “Nossos estudantes tem direito a viver em um mundo onde o respeito deve imperar”

Denise Carreira: “Não discutir gênero gera e alimenta vários problemas sociais”

Sandra Unbehaum: “Precisamos falar de gênero porque tem a ver com desigualdade e discriminação”