O Projeto

Publicado em 4 de novembro de 2015

O projeto Gênero e Educação: fortalecendo uma agenda para as políticas educacionais tem por objeto fortalecer a agenda da igualdade de gênero nas políticas educacionais.

Seu objetivo geral é contribuir para o fortalecimento da agenda da igualdade de gênero nas políticas educacionais, em articulação com as questões de renda, raça/etnia e diversidade sexual, como desafio fundamental para a superação de desigualdades educacionais e garantia do direito humano à educação de todas e todos. Parte do diagnóstico que a agenda de gênero se configura como algo frágil nas políticas educacionais brasileiras, sofrendo recuos nos últimos anos na gestão educacional em várias regiões do país. Contribuem para esse quadro o entendimento de setores governamentais que a maior escolaridade e o melhor desempenho educacional das mulheres na educação constituem resposta definitiva às metas internacionais de equidade de gênero e o crescimento do poder de grupos religiosos conservadores no debate e na gestão escolar e educacional.

Metas do projeto:

  • O desenvolvimento de um balanço crítico com relação ao lugar da agenda gênero nos programas e políticas educacionais brasileiros e, em especial, abordando a situação das meninas e mulheres negras e lésbicas, tendo como base o Informe Brasil – Gênero e Educação;
  • A ampliação do debate e das alianças no campo da sociedade civil em prol da agenda de gênero na educação, visando processos de incidência junto ao poder público por meio de estratégias de articulação e formação;
  • A constituição e alimentação de espaços de formação, comunicação, divulgação e intercâmbio entre organizações de sociedade civil, instituições acadêmicas e gestores(as), comprometidos em promover a agenda de equidade de gênero nas políticas educacionais e uma educação não sexista e anti discriminatória no cotidiano escolar;
  • A construção de uma proposta de aprimoramento do marco normativo referente à educação em gênero e sexualidade nas políticas educacionais.