Discutindo gênero na escola: o desafio da construção de práticas pedagógicas emancipatórias

Publicado em 30 de setembro de 2016

Instituição responsável: Escola de Referência em Ensino Médio Oliveira Lima

Estado: Pernambuco
Município: São José do Egito
Contato: Kleber Ferreira Costa
Resumo do Projeto:
O projeto desenvolvido pelo Núcleo de Estudos e Formação em Gênero e Enfrentamento à Violência contra a Mulher Vanete Almeida, constituído por cinco alunos bolsistas de Iniciação Cientifica Junior/FACEPE, articuladores do Núcleo na escola, juntamente com coordenador, professores e alunos voluntários da Escola de Referência em Ensino Médio Oliveira Lima de São José do Egito-PE aplicaram em 2012 o projeto Discutindo Gênero na Escola: o Desafio da Construção de Práticas Pedagógicas Emancipatórias para todos os 493 alunos com o objetivo de desenvolver práticas pedagógicas emancipatórias envolvendo a temática gênero, mulheres e feminismo com base no Banco de Dados (documento de referência produzido pelo núcleo contendo indicações de filmes, livros, músicas, experiências exitosas, teses, artigos e documentários sobre essa temática).
Metodologia:
O projeto foi desenvolvido através de atividades pedagógicas, entre elas a conclusão e divulgação do banco de dados; aquisição de acervo; seleção de novos bolsistas; oficinas (fotografia, poesia, pintura e construção de blog); biblioteca itinerante e oficina de leitura de imagens. Por fim, seu resultado contribuiu para a formação crítica dos educandos e para a ampliação do trato do conhecimento sobre as temáticas abordadas, uma mudança de paradigma, da cultura tradicional e familiar da mulher, para a presença feminina em novos espaços sociais e de conquista de um mundo mais solidário, mais justo, e, sobretudo mais cidadão, na medida em que caminha para uma trajetória de maior felicidade para a humanidade, diminuindo os abismos entre homens e mulheres independentemente de suas características étnicas e biológicas. O fato desta participação se tornar mais humana e menos discriminatória nos leva a compreender que cidadania é coisa de povo e não apenas de homem, como tem mostrado a história das mulheres do século passado.
Categoria: Gênero
Público: Adolescentes
Outras informações úteis: Programa Mulher e Ciência – 8º Prêmio Construindo Igualdade de Gênero/SPM – Categoria Escola Promotora da Igualdade de Gênero